Sunday, May 21, 2006

Ironias


O humor dinamarquês é peculiar. Tanto que eu deveria fazer um tópico só para as tantas "piadas" que já ouvi desde que cheguei. A última veio do meu chefe. Meu dinamarquês engatinha e consigo entender apenas uma parte do que eles falam. Foi o suficiente para perceber que ele tirava a maior onda com a minha cara.
Pedi a ele meu contrato - kontrakt - de trabalho, ele deu risada e ligou para a administracão. Comecou a falar com a secretária e disse:
- Minha jovem funcionária está pedindo o "contrato" dela.
Não entendi o resto que ele falou, apenas que na próxima encarnacao ele queria ser um coelho.
Quando ele desligou, ele me disse: - Contrato? Não se fala kontrakt e sim ansættelsesforhold. Contrato seria se fossemos casados. Se não, depois que você assinasse teria que cozinhar e lavar para mim.
Vejam bem, ele falou isso com ar debochado, dando risada.
Eu olhei para ele com aquele olhar fuzilante, quem me conhece bem sabe como é. Eu não disfarco.
Eu disse, sorrindo - em inglês - pois quando tô furiosa, só isso que sai:
- Torben, um dia quando eu aprender o dinamarquês eu vou te revidar todas essas tuas piadinhas. E aí você vai ver o que é bom.
Ele terminou a conversa dizendo: - Nossa, esse olhar furioso é igual ao da minha esposa, quando está brava comigo.
Para vocês entenderem bem, não é que eles fazem piadas desse tipo para te diminuir ou coisa assim. Eles não se levam a sério e vivem se auto-debochando.
O problema é que nós, brasileiros, levamos para o lado pessoal e isso nem com 15 anos vivendo aqui, não se dissipa. Tenho uma amiga que vive aqui há 14 anos e até hoje discute com o marido sobre as piadinhas. Ela me disse:
- Ué! Se ele falou isso diretamente para mim, como é que eu não posso levar para o lado pessoal? E se falou... Agora aguenta!!
O negócio é levar na esportiva e encontrar um meio termo. Levar na brincadeira, mas não deixar o povo sapatear em você, iunouaraimin?!

Tuesday, May 16, 2006

Primeiras linhas


Primeiríssimo de tudo, devo e quero agradecer minha querida amiga Grace que se empenhou e dedicou seu tempo precioso a fazer este lindo blog. Com este empurrão, que na verdade foi um guindaste, comeco as primeiras linhas. Obrigada minha amiga!!!
Segundo, preciso checar as estrelas, pois meu blog nasce no dia 17 de maio às 12:57 da manhã do hemisfério norte. Vejamos: Sol em Touro, ascendente em Capricórnio e lua em Capricórnio. Vixe!!! Parei por aqui, pois sei bem o que é carregar a cruz de Capricórnio no Ascendente.
Daqui farei minha casa virtual, onde quem entrar, que seja bem vindo, porém como precaucão de bruxa, deixarei a vassoura atrás da porta.